Carta a Prefeitura de Petrópolis sobre o Raide a Memória dos Aviadores Franceses
19 de março de 2014

Amigos, em maio ocorrerá um Raide visando resgatar a memória dos aviadores franceses no início do século passado percorrendo a primeira rota do correio aéreo no Brasil. Terei o privilegio de receber a comitiva dos franceses em minha residência ,já que esta pertenceu a um dos pioneiros da aviação, Marcel reine. Essa casa como vocês sabem foi ponto de encontro dos aviadores e hospedava St Exupery quando de suas escalas no RJ.Esta carta foi escrita pela responsavel no Brasil pelo Raide, Monica Cristina Correa onde explica para o Prefeito de Petrópolis o significado de tal evento. Esse é o resultado de um esforço visando enaltecer a memória de Exupery na cidade.

Prezado Sr. Eduardo Beck,
 
Conforme combinado com seu assessor por telefone, solicito audiência com a Prefeitura de Petrópolis/Itaipava a fim de tratar de assunto ligado à História e Cultura de sua cidade.
 
Como representante oficial das Fondation Latécoère - Association Latécoère e Fondation Antoine de Saint-Exupéry pour la Jeunesse, além de presidente da Associação Memória da Aéropostale no Brasil (AMAB), a estas ligadas, estou responsável pela realização do Inventário dos vestígios materiais e imateriais da antiga linha de correio aéreo francesa, a Aéropostale em nosso país. Tal companhia, criada em 1918 pelo industrial Pierre-Georges Latécoère na cidade de Toulouse (França), chegou a ser a maior do mundo na década de 1920 e teve no Brasil 11 escalas espalhadas por 11 cidades da costa, de Natal a Pelotas. Desta forma, vestígios dos antigos aeródromos, casas de pilotos e de rádio, hangares, além de relatos comoventes dos descendentes ou remanescentes daquela época se constituem em bases sólidas para o dossiê de tombamento pela UNESCO de que nos ocupamos atualmente, junto à Fondation Latécoère. 
 
A Latécoère empregou, à época, pilotos cujo renome repercute em nossos dias, tais como Jean Mermoz (seu busto está à frente do Museu Aeroespacial, no Campo dos Afonsos), Henri Guillaument, Marcel Reine e Antoine de Saint-Exupéry, autor, entre outros, do Pequeno Príncipe, best seller universal. Anote-se ainda que a Aéropostale, junto a cinco outras companhias francesas, formou, em 1933, a Air France.
 
Em Itaipava, o piloto Marcel Reine comprou uma casa no meio do campo. O clima ameno mlhe lembrava sua região na França e ele a chamou de "La Grande Valée". Usava-a, com seus colegas pilotos, quando estava em escala no Campo dos Afonsos, para descansar. Nesta estiveram Saint-Exupéry e Jean Mermoz, por exemplo, como mostra a foto que lhe envio anexada, que, por sua vez, recebi do sobrinho de Marcel Reine, sr. Hubert Reine, que mandou espontaneamente fazer um busto do piloto para doar a Petrópolis.
 
Tive o prazer de conhecer o atual proprietário da casa, sr. José Augusto Wanderley, de quem me tornei amiga. O esmero com que mantém a propriedade e sua coleção de obras e objetos relativos a Saint-Exupéry são comoventes. Além disso, a Prefeitura de Petrópolis/Itaipava, em 2000, à frente da casa inaugurou uma praça e uma fonte do Pequeno Príncipe. O lugar é idílico e merece destaque, porém, tais monumentos estão abandonados, necessitando de conservação urgente.
 
Dia 9 de maio próximo, um grupo de 15 aviadores franceses no Raide Latécoère, descerá no Campo dos Afonsos, onde já esteve no ano passado e foi recebido com honras pelo Comandante da Base Aérea. Desta vez, devo conduzi-los a Itaipava e Petrópolis para que conheçam esse reduto do José Wanderley e a praça em homenagem a Saint-Exupéry. Além disso, ficarão, evidentemente, maravilhados de conhecer a casa de Santos Dumont e a bela região serrana do Rio de Janeiro.
 
Tais ligações de sua cidade com a aviação são suficientes para que pensemos em incluir esses vestígios e monumentos no tombamento pela UNESCO, cujas vantagens não é necessário citar.
 
Para maiores detalhes sobre a vinda dos aviadores, segue nosso folder anexado. No próximo email, envio-lhe algumas matérias que saíram nos outras cidades envolvidas. Este semestre, trabalharemos cinco escalas.
 
Estarei em Petrópoilis dias 27 e 28 de março e gostaria de encontrá-los numa audiência, se possível. Desde já agradeço muitíssimo e me coloco à disposição. Meus contatos encontram-se no folder. Se desejar falar com o José Wanderley, seu número é  (21) 9 97793989. Ele nos lê em cópia.
 
Cordialmente,
 
Mônica Cristina Corrêa, presidente da AMAB, Associação-Memória da Aéropostale

Em Tempo: A foto abaixo foi tirada em 1922 na minha casa de Itaipava quando esta pertencia a Marcel Reine

Visite

Estrada do Ribeirão Grande, 102

Itaipava - Petrópolis

Km 57 da BR 040 sentido Rio de Janeiro.

Ligue

T: +55 24 2222.1388

C:+55 21 99354.3179 

  • facebook
  • w-googleplus

© 2023 by Adviso  & coOrgulhosamente criado por Wix.com