Aéropostale
Demonstrando a Linha

No Brasil, seguindo uma estratégia de demonstração e propaganda enquanto aguardava as decisões do Tribunal de Contas do Brasil, Pierre Georges Latécoère decidiu então, começar por uma apresentação aérea, a fim de demonstrar as mais boas intenções e progresso do correio aéreo.

 

No quinto capítulo da Aéropostale, intitulado “Demonstrando a Linha”, para Latécoère, seria a primeira entrega de uma mala postal provinda da Europa para a América do Sul, mas como ainda não havia nada em infraestrutura para aviões nos países percorridos (Brasil, Uruguai e Argentina), tratava-se mesmo de um raid, ou seja, um desafio aéreo. O plano era realizar duas etapas, uma rumo ao norte e outra rumo ao sul do Brasil, partindo ambas do Rio de Janeiro.

 

Os raids foram a segunda investida de Latécoère em termos de preparação para a implantação da Linha na América do Sul. O industrial já contabilizava 130 aviões e hidraviões, 1000 empregados, entre os quais 350 eram mecânicos e 50 pilotos.

 

Do Rio de Janeiro a Porto Alegre Latécoère escreveu em seu relatório: “Absolutamente nenhum terreno de pouso, exceto as praias, a montanha ou a floresta virgem até o mar. As praias, em todo o percurso, com exceção do trecho entre o Rio de Janeiro e Paraty, são excelentes quando a maré está baixa. Com maré alta, elas permitem a aterrissagem, mas tornam a decolagem quase impossível”. O capítulo completo da Aéropostale você pode conferir no site da AMAB:

Visite

Estrada do Ribeirão Grande, 102

Itaipava - Petrópolis

Km 57 da BR 040 sentido Rio de Janeiro.

Ligue

T: +55 24 2222.1388

C:+55 21 99354.3179 

  • facebook
  • w-googleplus

© 2023 by Adviso  & coOrgulhosamente criado por Wix.com